Prefeitos da região presentes na Marcha em Brasília defendem cota extra do FPM para todos municípios gaúchos

Divulgação/CNM

Inicia oficialmente nesta terça-feira, 21, em Brasília, com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a 25ª edição da Marcha dos Prefeitos. O movimento segue até quinta-feira, 23.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Promovido pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), a Marcha tem três temas principais a serem tratados: a desoneração da folha de pagamento, regulação da Reforma Tributária e distribuição igualitária dos royalties de petróleo.

O Rio Grande do Sul, que passa pelas dificuldades das enchentes, tem seus representantes com pautas igualmente importantes. Conforme o presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM), José Moacir Fabrício Dutra, prefeito de Bossoroca, há um grande preocupação com a queda de arrecadação.

Por esse motivo, a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) já manifestou que há previsão de queda de 25% na arrecadação estadual do ICMS, por isso defende que todos os municípios sejam contemplados com pagamento da cota extra do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Até o momento, apenas os 47 municípios reconhecidos em calamidade pública tiveram o pagamento anunciado.

O evento desta semana deve reunir pelo menos 10 mil pessoas, entre prefeitos, vice-prefeitos, secretários municipais e vereadores.

Fonte: Rádio São Luiz